Fluxonomia 4D: a chave para abundância

A futurista e fluxonomista Lala Deheinzelin lança a metodologia que revela e ativa potenciais de pessoas e comunidades

Gestão Positiva

27/10/2015
 

Você tem muitas ideias? Pensa em muitas coisas que mudariam seus dias, a sua cidade, o Brasil e o mundo? Então por que você não faz? Será que você acha que não é possível? Saiba que não é só você que pensa assim. Eu penso assim e nós pensamos assim, porque essa é a nossa cultura.

Para a futurista e especialista mundial em economia criativa e desenvolvimento sustentável, Lala Deheinzelin, no paradigma atual nós temos conhecimento, recursos e pessoas para fazer tudo o que desejamos, tudo!  Mas falta a iniciativa e a escolha por fazer. E como mudar isso? Por que a gente não vai lá e faz*?

Ela aponta que tudo começa com a mudança do olhar. No aspecto geográfico nós já constatamos que o mundo não é plano e linear, sabemos que é redondo e olhamos para todas as direções. Mas e nos outros aspectos?

fluxonomia-olhar-linear

Na política, nas escolas, na filosofia, na administração e no conhecimento ainda estamos em um mundo plano e linear, com o olhar para o concreto. Tudo o que a gente valoriza e analisa tem relação com números, é material, é restrito e se esgota. Já, com o que a Lala chama de “óculos 2D”, ampliamos essa visão de mundo e enxergamos também a dimensão do intangível, e o mais incrível desse novo olhar é que valorizamos aquilo que não se esgota.

Cultura, criatividade, relacionamento e tudo aqui que tem valor e não é físico se encontra no campo do intangível, e esse material intelectual não acaba, só multiplica, é ele que concebe a chamada economia criativa, que também é conhecida como a economia da abundância.

E nós já temos pessoas que se abriram para essa possibilidade junto a economia colaborativa, onde empresas e projetos surgiram a partir das variações do compartilhamento pessoa-para-pessoa (peer-to-peer), o chamado consumo colaborativo. Carros, alimentos, serviços, motos, moradia, informação, tecnologia, entre outros bens, podem ser compartilhados (via consumo colaborativo).

Lala Deheinzelin

Lala Deheinzelin



Coisas incríveis são feitas, como a escola de empreendedorismo Estaleiro Liberdade (mais aqui), que nutriu vários projetos e tem como sócio o Daniel Larusso. Ele fez e faz várias outras coisas nessa onda de “ empreender como um artista, distribuir poder, estabelecer relações ganha-ganha, aprender livremente e comunicar com o coração”, como o Nós.vc, a Hell Yeah, o Sistemico e outros.

Você se conecta com esse cara e encontra um mapa de negócios diferentes e apaixonantes. E o mesmo acontece com a Lala, que em sua proposta do fluxonomia 4D, trabalha com as economias exponenciais originadas no sistema (Criativa+Colaborativa + Compartilhada + Multivalor), onde atua com os “comos” dos fluxos nas 4 dimensões da sustentabilidade: ambiental, financeira, cultural e social.

Como assim? Conheça a Lala e entenda melhor neste vídeo:

fluxonomia-4d

 

 

* “Vai lá e faz” é o mantra da inovadora escola de atividades criativas Perestroika e também o nome de um maravilhoso livro sobre empreendedorismo, escrito por um dos sócios dessa escola de gente que “foi lá e fez”. Recomendo a conexão!
Compartilhe:

Deixe seu comentário

Loading Facebook Comments ...
Redes Sociais
Newsletter

Cadastre-se na nossa newsletter e fique por dentro das novidades do Grupo Conjel.

Contato

(47) 3261-4880

contato@grupoconjel.com.br

Rua 990 nº161, Centro
Balneário Camboriú - SC